Os textos e fotografias produzidos pela equipe da PASCOM da Paróquia São José – C. dos Dantas podem ser livremente utilizados, mencionando-se o blog http://www.montedogalo2009.blogspot.com/ como fonte

18 de mar de 2010

Missa de abertura do Centenário de Nascimento de Dom Adelino



Na manhã de ontem (17/03), foi celebrada a Missa de Abertura do Ano Centenário de Nascimento de Dom José Adelino Dantas.
A Missa, celebrada na Capela de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, no bairro D. José Adelino, foi presidida pelo nosso Bispo Diocesano, Dom Manoel Delson, e contou com a participação do Arcebispo Metropolitano de Natal, Dom Matias, além de Monsenhor Lucas, Monsenhor Assis, Cônego José Mário, Padre João Paulo, Padre Stanley, Padre Gleiber, Padre Fabiano, Padre Héliton, Padre Gilmar, Padre Campos, Padre Antonio, Padre Cassiano e Padre Josino. Estiveram presentes à celebração o Prefeito Municipal, Alexandre Dantas de Medeiros (ex-aluno de Dom Adelino), a Presidente da Câmara de Vereadores, Adjanira Medeiros, além de vereadores, ex-prefeitos e secretários municipais. A comunidade carnaubense se fez presente, bem como parentes do nosso querido Bispo que vieram de diversas cidades e amigos e conhecidos que Dom Adelino cultivou em sua vida terrena.
Toda a liturgia da Missa foi feita com carinho, em homenagem a Dom Adelino. Os comentários foram feitos por Carlos Magno, um dos coordenadores do Centenário. A 1ª leitura e as preces, por parentes de Dom Adelino residentes em Carnaúba. O Evangelho da Missa foi proclamado pelo Padre Josino, sobrinho de Dom Adelino, e a homilia foi feita por Mons. Francisco de Assis Pereira, que era seminarista no Seminário de Natal quando Dom Adelino foi reitor daquele seminário. Antes do ofertório, familiares de Dom Adelino, residentes aqui em Carnaúba e em outras cidades, levaram em procissão até o altar alguns objetos de Dom Adelino (certidão de nascimento, batistério, cálice, mitra, báculo e um livro de sua autoria). Antes da bênção final, Ir. Maria José (que cuidou de D. Adelino até seus últimos dias de vida), Mons. Assis, Dom Matias, Cônego José Mário, Alexandre Dantas (prefeito), Analúcia (representando os familiares) e Dom Delson, falaram sobre a convivência que tiveram com Dom Adelino, sobre o seu caráter, a sua determinação, o seu zelo com o sagrado, o seu modo simples de cultivar amizades.
Após a bênção final, foi descerrada a placa comemorativa do centenário de nascimento de Dom José Adelino Dantas, pelo Prefeito Municipal e por Dom Delson.

"In finem dilexit"
Amou até o fim
(Jo 13,1)

Nenhum comentário:

Postar um comentário