Os textos e fotografias produzidos pela equipe da PASCOM da Paróquia São José – C. dos Dantas podem ser livremente utilizados, mencionando-se o blog http://www.montedogalo2009.blogspot.com/ como fonte

2 de out de 2009

Celebrações da Missão Jovem: NOITE CULTURAL







OUTUBRO: Mês do Rosário



Assim como o alimento é indispensável para o corpo, a oração é essencial para o espírito!


Havia uma senhora muito simples, que vendia verduras na vizinhança. Certo dia, Tia Teca, conhecida por todos, foi vender suas verduras na casa de um senhor e lá perdeu o Rosário. Passados alguns dias, Tia Teca retornou à casa dele.
Esse veio logo zombar: - Você perdeu seu Deus?
Ela, humildemente, respondeu: - Eu? Perder o meu Deus? Nunca!
Então ele pegou o Rosário e disse: - Não é este o seu Deus?
- Graças a Deus, o senhor encontrou o meu Rosário. Muito obrigada!
- Por que você não troca este cordão com estas sementinhas pela Bíblia?
- Por que a Bíblia eu não sei ler, mas com o Rosário eu medito toda a Palavra de Deus e guardo-a no meu coração.
Ele perguntou: - Medita a Palavra de Deus? Como assim? Poderia me explicar?
- Posso sim. - Respondeu Tia Teca, mostrando o Rosário. Quando eu pego na Cruz, lembro-me que o Filho de Deus, pregado na cruz, derramou todo o seu sangue para salvar a humanidade. Este primeiro grão me lembra que há um só Deus Onipotente. Os três seguintes me lembram as três pessoas da Santíssima Trindade: Pai, Filho e Espírito Santo. O quinto grão me faz lembrar a oração que o Senhor mesmo nos ensinou, o Pai-nosso.
- É, nisso você tem razão, disse o senhor. Mas a Bíblia não é só isso!
- Certamente que não. Mas lembre-se de que o Rosário tem quatro séries de mistérios, já que João Paulo II acrescentou mais uma série, chamando-os: “mistérios luminosos”. Eles dão especial relevo à vida de Jesus entre o povo. Já os mistérios gozosos refletem sobre a chegada e a infância de Jesus; os dolorosos sobre a paixão e morte na cruz; os gloriosos nos levam a refletir sobre a ressurreição e ascensão de Jesus e a coroação de Maria. Cada quarto do Rosário, que possui cinco mistérios, me faz lembrar as Cinco Chagas de N. S. Jesus Cristo, cravado na cruz. E veja bem, cada mistério tem dez Ave-Marias, que recordam os Dez mandamentos que Deus mesmo escreveu nas Tábuas da Lei que entregou a Moisés. Diga-me agora, meu amigo: onde está a idolatria?
Ele, depois de ouvir tudo isso, disse: - EU NÃO SABIA DISSO. ENSINA-ME, TIA TECA, A REZAR O ROSÁRIO!”

SANTOS ANJOS DA GUARDA

Entre os anjos de Deus, Ele escolhe nosso Anjo da Guarda, que é pessoal e exclusivo, cuja função é proteger-nos até o retorno da nossa alma à eternidade. “Porque aos seus anjos ele mandou que te guardem em todos os teus caminhos, eles te sustentarão em suas mãos, para que não tropeces em alguma pedra” (Sl 90,11-12).
Os Anjos da Guarda estão repletos de dons e privilégios especiais, com uma missão insubstituível ao longo da criação. Eles possuem a natureza angélica espiritual, que é a síntese de toda a beleza e de todas as virtudes de Deus, por isso impossível de ser representada.
Deus confiou cada criatura a um Anjo da Guarda. Esta é uma verdade que está em várias páginas da Sagrada Escritura e na história das tradições da humanidade, sendo um dogma da Igreja Católica, atualmente também confirmado pelos teólogos. A devoção dos anjos é mais antiga até que a dos próprios santos, ganhando maior vigor na Idade Média, quando os monges solitários receberam a companhia dessas invisíveis criaturas, cuja presença era sentida nas suas vidas de silenciosa contemplação e íntima comunhão espiritual com Deus-Pai.
Todavia o Eterno Guardião, como o Anjo da Guarda também é chamado, tão solicitado e cuidado durante a infância, está totalmente esquecido no cotidiano do adulto, que, descuidando de sua exclusiva e própria companhia, não se apercebe mais de sua angélica presença. Mas este espírito puro continua vigilante, constante dos pensamentos e de todas as ações humanas.
O Anjo da Guarda é um ser mais perfeito e digno do que nós, criaturas humanas. Não podemos ignorá-lo. Devemos amá-lo, respeitá-lo e segui-lo, pois está sempre pronto a proteger-nos, animar e orientar, para cumprirmos a missão da vida terrena, trilhando o caminho de Cristo e, assim, ingressarmos na glória eterna.
Oração
“Santo Anjo do Senhor, meu zeloso guardador, se a Ti me confiou a piedade divina, hoje e sempre, me rege, guarda, ilumina.” Amém.

REFLEXÃO DO DIA: Sexta-Feira 02/10

MEMÓRIA DOS SANTOS ANJOS DA GUARDA
Naquele tempo, os discípulos se aproximaram de Jesus e perguntaram: "Quem é o maior no Reino do Céu?" Jesus chamou uma criança, colocou-a no meio deles, e disse: "Eu lhes garanto: se vocês não se converterem e não se tornarem como crianças, vocês nunca entrarão no Reino do Céu. Quem se abaixa e se torna como essa criança, esse é o maior no Reino do Céu. E quem recebe em meu nome uma criança como esta, é a mim que recebe." Cuidado para não desprezar nenhum desses pequeninos, pois eu digo a vocês: os anjos deles no céu estão sempre na presença do meu Pai que está no céu." (Mt 18, 1-5.10)
Este trecho do Evangelho que nos é proposto pela Igreja na comemoração da memória dos santos Anjos da Guarda é um paralelo ao trecho que meditamos ontem, porém nos apresenta um acréscimo muito importante, que não podemos desconsiderar: a assistência que Deus concede a todos os que são pequenos e a necessidade que existe de valorizarmos aqueles que são os desvalidos do mundo, pois os seus anjos no céu vêem sem cessar a face de Deus. Devemos receber em nome de Jesus todas as crianças, assim como todos os demais desvalidos e excluídos da sociedade para recebermos o próprio Cristo, presente neles.
(Fonte: CNBB)

Missão Jovem: programação para hoje (02/10)


Dia do amor guatuito, solidário e eficaz
19 hs - Encontro nos setores
20 hs - Feira cultural, na Praça Caetano Dantas, com apresentações artísticas dos grupos formados em cada setor