Os textos e fotografias produzidos pela equipe da PASCOM da Paróquia São José – C. dos Dantas podem ser livremente utilizados, mencionando-se o blog http://www.montedogalo2009.blogspot.com/ como fonte

19 de mar de 2010

BATISMO: Sacramento da Regeneração



NOVO NASCIMENTO
Na fé cristã o batismo é o primeiro dos sete sacramentos, e com ele começa a iniciação cristã, que inclui também a confirmação e a eucaristia. No cristianismo é chamado de sacramento da regeneração (novo nascimento) por meio da água.
Durante as festividades do nosso padroeiro São José, na manhã de hoje, a nossa Igreja recebeu em seu seio mais treze crianças, que foram chamadas, em Cristo, a viver plenamente como filhos e filhas de Deus Pai.

Nosso sinal é a cruz de Cristo. Por isso, durante a celebração do Sacramento do Batismo, as crianças são marcadas com o sinal do Cristo Salvador, selando, assim, seu acolhimento na comunidade cristã.


O óleo com que Padre João Paulo ungiu o peito de cada criança simboliza a força de Cristo entrando na vida dos batizados.


"Meus irmãos e minhas irmãs, sabemos que Deus quis servir-se da água para dar sua vida aos que creem. Unamos nossos corações, suplicando ao Senhor que derrame sua graça sobre os seus escolhidos."

"EU TE BATIZO EM NOME DO PAI, E DO FILHO, E DO ESPÍRITO SANTO."


"Recebam a luz de Cristo!"
Iluminados por Cristo, os batizados podem, com a ajuda dos pais e padrinhos, tornar-se luz do mundo.


Momento da entrega do sal, onde a mãe põe um pouco de sal na boca da criança.
"Vocês são o sal da terra", disse Jesus.


No final da celebração, as madrinhas levaram seus afilhados para serem consagrados à Maria, Mãe de Jesus e nossa Mãe!
"Maria, Mãe de Jesus, companheira de nossa caminhada, sempre fiel ao projeto do Pai, a vós confiamos estas crianças. Conduzidas pelo Espírito, sejam fiéis ao Evangelho, cresçam em sabedoria, idade e graça na Igreja e diante de Deus."

19 de Março - Dia do nosso padroeiro São José

Hoje, 19 de março, a Igreja e a nossa Paróquia celebram a Solenidade de São José.

Neste dia, a Igreja, espalhada pelo mundo todo, recorda solenemente a santidade de vida do seu patrono.

Esposo da Virgem Maria, modelo de pai e esposo, protetor da Sagrada Família, São José foi escolhido por Deus para ser o patrono de toda a Igreja de Cristo.
Seu nome, em hebraico, significa “Deus cumula de bens”.

No Evangelho de São Mateus vemos como foi dramático para esse grande homem de Deus acolher, misteriosa, dócil e obedientemente, a mais suprema das escolhas: ser pai adotivo de Nosso Senhor Jesus Cristo, o Messias, o Salvador do mundo.

“Quando acordou, José fez conforme o anjo do Senhor tinha mandado e acolheu sua esposa” (Mt 1,24).

O Verbo Divino quis viver em família. Hoje, deparamos com o testemunho de José, “Deus cumula de bens”; mas, para que este bem maior penetrasse na sua vida e história, ele precisou renunciar a si mesmo e, na fé, obedecer a Deus acolhendo a Virgem Maria.

Da mesma forma, hoje São José acolhe a Igreja, da qual é o patrono. E é grande intercessor de todos nós.

Que assim como ele, possamos ser dóceis à Palavra e à Vontade do Senhor.
São José, rogai por nós!

EVANGELHO DO DIA - Mateus 1,16.18-21.24a

Jacó gerou José, o esposo de Maria, da qual nasceu Jesus, que é chamado o Cristo. A origem de Jesus Cristo foi assim: Maria, sua mãe, estava prometida em casamento a José, e, antes de viverem juntos, ela ficou grávida pela ação do Espírito Santo. José, seu marido, era justo e, não querendo denunciá-la, resolveu abandonar Maria em segredo. Enquanto José pensava nisso, eis que o anjo do Senhor apareceu-lhe, em sonho, e lhe disse: “José, Filho de Davi, não tenhas medo de receber Maria como tua esposa, porque ela concebeu pela ação do Espírito Santo. Ela dará à luz um filho, e tu lhe darás o nome de Jesus, pois ele vai salvar o seu povo dos seus pecados”. Quando acordou, José fez conforme o anjo do Senhor havia mandado.