Os textos e fotografias produzidos pela equipe da PASCOM da Paróquia São José – C. dos Dantas podem ser livremente utilizados, mencionando-se o blog http://www.montedogalo2009.blogspot.com/ como fonte

12 de nov de 2009

MISERICÓRDIA PERFEITA

A misericórdia merece ser louvada não só pela abundância de dádivas, mas sobretudo quando procede de um pensamento bom e misericordioso. Há pessoas que muito dão e muito distribuem mas não são tidas por misericordiosas aos olhos de Deus, e há pessoas que nada têm, nada possuem, mas têm piedade por todos no seu coração. Estas são consideradas seres verdadeiramente misericordiosos aos olhos de Deus, e de facto são-no. Portanto não digas: «Nada tenho para dar aos pobres»; não te angusties pensando que por esse motivo não podes ser misericordioso. Se tens qualquer coisa, dá o que tens; se nada tens, dá, ainda que seja um pão seco apenas, fá-lo com intenção verdadeiramente misericordiosa, e tal será considerado por Deus como misericórdia perfeita.
Nosso Senhor não louvou os que muito punham na caixa das esmolas; Ele louvou a viúva por aí ter posto as duas moedas que pôde poupar na sua vida de indigência, oferecendo-as em gratuidade, com um pensamento bom, para o tesouro de Cristo. O homem que no seu coração tem piedade pelos semelhantes, esse sim, é misericordioso aos olhos de Deus; mais vale uma boa intenção sem efeitos visíveis do que a abundância de obras magníficas mas realizadas sem boa intenção.
Youssef Bousnaya (c. 869-979), monge sírio

Coordenadores confirmam projeto nacional da Pascom

Os coordenadores regionais da Pastoral da Comunicação (Pascom) ratificaram o Projeto Nacional da pastoral que prevê ações em relação à espiritualidade do comunicador cristão, à formação dos agentes de pastoral e à articulação da Pascom nos Regionais da CNBB e nas dioceses. A decisão foi tomada na quarta-feira, 11, último dia do encontro dos coordenadores e bispos responsáveis pela Pascom nos Regionais da CNBB, ocorrido desde o dia 8 em Niterói (RJ).
O Projeto foi elaborado no ano passado pelo grupo e, com pequenas alterações, foi ratificado pelos coordenadores. “No próximo ano, podemos avaliar a caminhada dos Regionais tendo como referência este projeto”, disse a coordenadora do Regional Leste 1 da CNBB (Rio de Janeiro), Andréia Gripp.
Um dos aspectos previstos no Projeto é a formação tanto dos agentes da Pascom quanto dos outros agentes e dos comunicadores cristãos. O professor da PUC-Rio, Miguel Pereira, apresentou o Projeto Comunicar – Comunicação Comunitária, desenvolvido pela PUC. Trata-se de um curso de capacitação de agentes a área da comunicação. A ideia é possibilitar a participação de agentes da Pascom de todo o país neste curso.
Para o professor, a Igreja precisa fazer uma comunicação mais profissional. “O processo de comunicação na Igreja precisa ser mais profissionalizado. Ainda se trabalha muito no conceito de boa vontade”, disse Pereira. Ele defende, ainda, a necessidade das dioceses terem um projeto de comunicação. “Não adianta pensar num profissional sem um projeto de comunicação, que precisa ser concreto e objetivo”, acentuou.

Encontro Nacional
O grupo já começou a preparar o segundo Encontro Nacional dos Agentes da Pascom, que ocorrerá de 8 a 10 de julho do próximo ano em Aparecida. Foram sugeridos temas e metodologia para o encontro que pretende reunir 250 agentes de todo o Brasil. “O encontro é uma oportunidade de formação que foi pedido pelos próprios agentes”, explica a assessora do Setor de Comunicação Social da CNBB, Irmã Élide Fogolari.

Dia Mundial das Comunicações
Outro tema bastante discutido pelos animadores da Pascom foi a comemoração do Dia Mundial das Comunicações (DMC), que em 2010 será no dia 16 de maio. Uma cartilha contendo a mensagem do papa e um artigo sobre o tema será enviada a todas as dioceses, que também receberão cartazes para divulgação. No próximo ano o tema do DMC é voltado para os padres e a pastoral no mundo digita. O tema escolhido por Bento XVI é: ““O sacerdote e a pastoral no mundo digital: os novos meios a serviço da Palavra”. No dia 24 de janeiro deverá ser divulgada a mensagem do papa acerca do tema.
Fonte: CNBB

REFLEXÃO DO DIA: Quinta-Feira 12/11

Os fariseus perguntaram a Jesus sobre o momento em que chegaria o Reino de Deus. Jesus respondeu: «O Reino de Deus não vem ostensivamente. Nem se poderá dizer: ‘Está aqui’ ou: ‘está ali’, porque o Reino de Deus está no meio de vocês.» Jesus disse aos discípulos: «Chegarão dias em que vocês desejarão ver um só dia do Filho do Homem, e não poderão ver. Dirão a vocês: ‘Ele está ali’ ou: ‘Ele está aqui’. Não saiam para procurá-lo. Pois como o relâmpago brilha de um lado a outro do céu, assim também será o Filho do Homem. Antes, porém, ele deverá sofrer muito e ser rejeitado por esta geração." (Lc 17,20-25)
O Evangelho de hoje nos mostra que precisamos reconhecer a presença do Reino de Deus no meio dos homens para que possamos reconhecer a presença de Jesus em nosso meio. E vamos encontrar Jesus presente no meio de nós nos que sofrem, que são rejeitados, que são excluídos da sociedade. A sociedade não quer viver os valores do Reino de Deus e vive do egoísmo, do acúmulo de bens, da busca desenfreada de poder e de prazer, da escravidão dos vícios, etc. Os membros dessa sociedade vivem uma fé superficial, materialista, mesquinha e descompromissada, que faz com que queiram ver Jesus, mas não possam vê-lo, pois não o reconhecem nos pobres e necessitados.
Fonte: CNBB