Os textos e fotografias produzidos pela equipe da PASCOM da Paróquia São José – C. dos Dantas podem ser livremente utilizados, mencionando-se o blog http://www.montedogalo2009.blogspot.com/ como fonte

11 de out de 2009

FÓRUM CARISMÁTICO SHALOM 2009


A Comunidade Católica Shalom está realizando, em Fortaleza/CE, o Fórum Carismático Shalom 2009. Com o tema “Sede meus imitadores, como eu o sou de Cristo”, o Fórum está tratando de temas atuais nas mais diversas áreas (política, economia, juventude, família) na perspectiva do pensamento da Igreja e do Evangelho.
O evento conta com a presença de importantes representantes e lideranças da Igreja Católica e da Renovação Carismática Católica do Brasil. Destaque para a presença de Dom Elias Chacou, arcebispo melquita da Galiléia (Jerusalém). O Arcebispo sempre se empenhou em favor da paz entre os povos na Terra Santa. Candidato três vezes ao Nobel da Paz, Dom Elias, sacerdote árabe de nacionalidade israelense, é uma personalidade conhecida na Terra Santa por sua incansável atividade em favor do diálogo. É importante também seu trabalho no campo da educação: fundou a Ibillin (aldeia na Galiléia na qual foi pároco, muitos anos), o centro escolar “Mar Elias”, freqüentado hoje por 4 mil alunos. Dom Chacour também abriu a primeira universidade mista, com estudantes palestinos e judeus.
O encerramento do evento está marcado para as 18h da segunda-feira (12/10), com a Celebração Eucarística em honra à Nossa Senhora Aparecida, padroeira do Brasil.
O nosso pároco Pe. João Paulo está participando do fórum e, com certeza, voltará à nossa paróquia renovado "em sua missão de ser semente de um novo mundo em meio à sociedade, de levar a palavra de Deus que gera paz e reconciliação".

GRATUIDADE

Na fila do ônibus, fila grande, fim do dia... Lá do final eu ouço uma voz tensa, alegre, eufórica e, ao mesmo tempo, envolvida em um discurso que garantiria um trocado para voltar para casa.Era um senhor, meia idade, com o cansaço do dia no rosto, falando em alto e bom som que, naquele dia, ele havia conseguido um emprego, mas precisava de ajuda para voltar para casa."Eu fui fichado hoje! Eu tenho todos os documentos aqui... Me ajudem a pagar a passagem..." A voz dele ia sempre chegando mais próxima. E eu pensava na coragem daquele homem, assim como a coragem de tantos outros que, por falta de opções mais confortáveis, se colocam a pedir. De repente, uma senhora olhou pra ele e pediu que ele não falasse mais nada, que não se justificasse e deu uma boa quantia a ele. Seguramente o valor daria para pagar a passagem de volta e ficar com o troco no bolso. Enquanto ele arregalava os olhos diante da generosidade desinteressada da moça, ela dizia: "Você vai vencer! Não preciso ver os documentos, não precisa se explicar. Vai com Deus, muita bênção e sucesso no novo trabalho".
Foi só isso... Aconteceu há algumas semanas, mas não saiu da minha cabeça. Desde então, venho me questionando sobre o meu olhar para a gratuidade e a atenção de Deus. Um coração grato não presta contas na ilusão de uma recompensa, não calcula ou apresenta comprovantes de boa conduta... Se assim o fizesse, estaria se doando aos pedaços, pela metade, sempre com reservas. Um coração apaixonado anuncia, fala, defende, e, diante do Amado, expõe-se por inteiro. A gratidão é uma vida, merece uma vida.
É... O pedinte da fila do ônibus me fez pensar nas minhas negociações com Deus. Tantos documentos que quero mostrar para convencê-Lo, talvez... Mas Ele sempre vence a minha inteligência e compreensão com generosidade e gratuidade. Deus não muda e sempre sabe de tudo. Conhece o meu coração, conhece o seu... Conhece muito bem quem Ele criou. Deus me ama gratuitamente... E dessa forma, vai onde eu não consigo ir, abraça comigo o que eu preciso abraçar. Sim, Ele vai comigo a todos os lugares. Sobe no ônibus, atravessa ruas, viaja, acolhe minhas pérolas e a minha argila. Deus toca onde minha mão não chega, onde meus braços não alcançam. Deus é a resposta quando nenhuma outra convence. Ele não me cobra explicações para permitir a minha volta... O meu Deus, o Deus da vida, da Cruz e da Ressurreição, reduz distâncias, une corações, cura em um abraço, esconde dos grandes e revela aos pequenos.
(eueasletras.blogspot.com, postado por Narlla Sales)

XXVIII DOMINGO DO TEMPO COMUM


A vida segundo o Evangelho não é um negócio, não se lhe deitam cálculos como quem olha para a sua conta no banco. É antes a resposta de fé à Palavra de Deus. E um dos obstáculos que mais frequentemente impede de compreender e responder prontamente à Palavra de Deus são os bens da terra. Só a sabedoria de Deus nos poderá trazer a luz necessária para aceitarmos, com fé e esperança, a palavra do Senhor, que é a palavra da salvação.

Evangelho: Mc 10,17-30
Naquele tempo, ia Jesus pôr-Se a caminho, quando um homem se aproximou correndo, ajoelhou diante d’Ele e perguntou- Lhe: «Bom Mestre, que hei-de fazer para alcançar a vida eterna?». Jesus respondeu: «Porque Me chamas bom? Ninguém é bom senão Deus. Tu sabes os mandamentos: Não mates; não cometas adultério; não roubes; não levantes falso testemunho; não cometas fraudes; honra pai e mãe’». O homem disse a Jesus: «Mestre, tudo isso tenho eu cumprido desde a juventude». Jesus olhou para ele com simpatia e respondeu: «Falta-te uma coisa: vai vender o que tens, dá o dinheiro aos pobres e terás um tesouro no Céu. Depois, vem e segue-Me». Ouvindo estas palavras, anuviou-se-lhe o semblante e retirou-se pesaroso, porque era muito rico. Então Jesus, olhando à sua volta, disse aos discípulos: «Como será difícil para os que têm riquezas entrar no reino de Deus!». Os discípulos ficaram admirados com estas palavras. Mas Jesus afirmou-lhes de novo: «Meus filhos, como é difícil entrar no reino de Deus! É mais fácil passar um camelo pelo fundo de uma agulha do que um rico entrar no reino de Deus». Eles admiraram-se ainda mais e diziam uns aos outros: «Quem pode então salvar-se?». Fitando neles os olhos, Jesus respondeu: «Aos homens é impossível, mas não a Deus, porque a Deus tudo é possível». Pedro começou a dizer-Lhe: «Vê como nós deixámos tudo para Te seguir». Jesus respondeu: «Em verdade vos digo: Todo aquele que tiver deixado casa, irmãos, irmãs, mãe, pai, filhos ou terras, por minha causa e por causa do Evangelho, receberá cem vezes mais, já neste mundo, em casas, irmãos, irmãs, mães, filhos e terras, juntamente com perseguições, e, no mundo futuro, a vida eterna».Palavra da salvação.

NOVENA DOS CARNAUBENSES AUSENTES - CHÁCARA CLÍVIA

Os Carnaubenses ausentes reuniram-se para celebrar a última novena em honra a Nossa Senhora das Vitórias após dois meses de peregrinação com a imagem da santa. Realizada na chácara Clívia, de propriedade dos carnaubenses Totinha Lopes e Teteca, a referida novena foi marcada por momentos de emoção por parte dos participantes (dirigentes das novenas), os quais estiveram presentes em todas as celebrações. Foi feito um apelo, pela diretoria da ARCA, para que no próximo ano sejam realizadas as novenas com o maior apoio e participação ativa dos ausentes e que mais pessoas sejam tocadas a darem o sim a visita de Nossa Senhora das Vitórias. Parabéns a todos e que Deus e Nossa Senhora estejam sempre com vocês.
H. DANTAS