Os textos e fotografias produzidos pela equipe da PASCOM da Paróquia São José – C. dos Dantas podem ser livremente utilizados, mencionando-se o blog http://www.montedogalo2009.blogspot.com/ como fonte

14 de dez de 2009

JORNAL KYRIE - Mês de Dezembro/2009

Obs: clique sobre as páginas para ampliá-las

REFLEXÃO DO DIA - Segunda-Feira 14/12

Jesus voltou ao Templo. Enquanto ensinava, os chefes dos sacerdotes e os anciãos do povo se aproximaram, e perguntaram: «Com que autoridade fazes tais coisas? Quem foi que te deu essa autoridade?» Jesus respondeu: «Eu também vou fazer uma pergunta para vocês. Se responderem, eu também direi a vocês com que autoridade faço isso. De onde era o batismo de João? Do céu ou dos homens?» Mas eles raciocinavam, pensando: «Se respondemos que vinha do céu, ele vai dizer: ‘Então, por que vocês não acreditaram em João?’ Se respondemos que vinha dos homens, temos medo da multidão, pois todos consideram João como um profeta.» Eles então responderam a Jesus: «Não sabemos.» E Jesus disse a eles: «Pois eu também não vou dizer a vocês com que autoridade faço essas coisas.» (Mt 21, 23-27)
A pessoa de João Batista é muito importante na preparação para os tempos messiânicos, pois ele foi enviado como o precursor de Jesus, e quem não acredita em João Batista também não aceita Jesus como sendo o Messias e nem a sua autoridade como Filho de Deus. O povo acreditou em João Batista e por isso acreditou também em Jesus, mas os anciãos do povo não acreditaram em João Batista e, por isso, rejeitaram Jesus. Todo aquele que fica preso apenas em uma religião formal torna-se incapaz de ver a ação de Deus no tempo presente, endurece o próprio coração e não reconhece nem a ação de Deus nem a sua presença no seu dia a dia.
Fonte: CNBB