Os textos e fotografias produzidos pela equipe da PASCOM da Paróquia São José – C. dos Dantas podem ser livremente utilizados, mencionando-se o blog http://www.montedogalo2009.blogspot.com/ como fonte

15 de set de 2009



João 19,25-27


Naquele tempo, perto da cruz de Jesus, estavam de pé a sua mãe, a irmã de sua mãe, Maria de Cleófas, e Maria Madalena. Jesus, ao ver sua mãe e, ao lado dela, o discípulo que ele amava, disse à mãe: "Mulher, este é o teu filho". Depois disse ao discípulo: "Esta é a tua mãe". Daquela hora em diante, o discípulo a acolheu consigo.

MENSAGEM


Peregrinações de Nossa Senhora das Vitórias em Natal/RN

As peregrinações de Nossa Senhora das Vitórias, em Natal/RN, são organizadas pela ARCA – Associação Recreativa dos Carnaubenses Ausentes e, neste ano de 2009, foram agendadas mais de trinta visitas a residências de famílias carnaubenses que moram naquela cidade, além de outras famílias natalenses que passaram a ter devoção a Nossa Senhora das Vitórias. As peregrinações anualmente iniciam com uma Missa de entrega, realizada geralmente na Paróquia de Mirassol. Nas novenas, geralmente com leilões, as pessoas presentes aproveitam para se confraternizarem e refletirem sobre a Palavra de Deus. Muitos testemunhos de graças alcançadas já foram dados nesses momentos, fazendo com que outras pessoas refletissem sobre a importância de Maria em nossas vidas. O ponto alto é a Novena da festa dedicada aos carnaubenses ausentes, que este ano será realizada no dia 17 de outubro. Convidamos todos os carnaubenses residentes em outras cidades para prestigiarem essa noite de festa em louvor a Nossa Senhora das Vitórias.

Venha se juntar a nós, aqui residentes, e aos demais conterrâneos que por aqui estarão nesse grande dia!

CONFIANÇA E A DIVINA MISERICÓRDIA

O fundamento da Divina Misericórdia é a confiança. Somos como vasos de misericórdia e o quanto de misericórdia estes vasos irão armazenar e distribuir para os outros, depende da nossa confiança. E a confiança requer conversão do nosso coração e de nossa alma para entendermos a Misericórdia de Deus, sermos misericordiosos com os outros, e para deixarmos Deus dirigir nossas vidas. Confiar em Deus é fácil quando as coisas vão bem, contudo, em tempos de provação, sofrimento, dúvida, fraqueza e ansiedade, começamos a imaginar “onde está Deus?” “Ele realmente existe?” Se rezamos e acreditamos que estamos fazendo a Sua vontade, então devemos pedir com força e firmeza na fé. A confiança é a chave para se viver a Divina Misericórdia. Quando nossa fé é testada em tempos de provação e sofrimento, reflitamos no que Jesus falou para Santa Faustina: “Quanto mais a alma confiar, tanto mais receberá.” (D. 1577).
As revelações de Nosso Senhor à Santa Faustina falam de “AGORA” como tempo de misericórdia. Existe uma urgência especial nessa mensagem. Repetidamente Jesus enfatizou que “AGORA” é o dia da misericórdia, antes da vinda do dia do julgamento. “AGORA” é o tempo da preparação para a vinda do Senhor.
Todos os sábados, no Programa Nova Manhã, transmitido pela Rádio Rural AM de Parelhas, às 10 horas, Pe. João Paulo e sua equipe rezam o Terço da Divina Misericórdia. Aos domingos, às 15 horas, na Matriz de São José, também é rezado o Terço da Divina Misericórdia. Irmã(o), se você acredita na misericórdia de Deus, se você acredita que Nosso Senhor quer que sempre rezemos e imploremos por misericórdia para o mundo, junte-se a nós: reze espiritualmente, junto com a equipe do Programa Nova Manhã, pedindo pela misericórdia de Deus. Venha à matriz, aos domingos, na HORA DA MISERICÓRDIA, e clame ao Senhor, pois em certa ocasião Ele disse a Santa Faustina: “Lembro-te, Minha filha, que todas as vezes que ouvires o bater do relógio, às três horas da tarde, deves mergulhar toda na Minha misericórdia, adorando-A e glorificando-A. Implora a onipotência dela em favor do Mundo inteiro e especialmente dos pobres pecadores, porque nesse momento foi largamente aberta para toda a alma. Nessa hora, conseguirás tudo para ti e para os outros. Nessa hora, realizou-se a graça para todo o Mundo: a misericórdia venceu a justiça. Minha filha, procura rezar, nessa hora, a Via-sacra, na medida em que te permitirem os teus deveres, e se não puderes fazer a Via-sacra, entra, ao menos por um momento na capela e adora o Meu Coração, que está cheio de misericórdia no Santíssimo Sacramento. Se não puderes sequer ir à capela, recolhe-te em oração onde estiveres, ainda que seja por um breve momento. Exijo honra à Minha misericórdia de toda criatura, mas de ti em primeiro lugar, porque te dei a conhecer mais profundamente esse mistério” (D. 1572). Ele também pediu que rezássemos o Terço da Divina Misericórdia freqüentemente. Na verdade, Jesus Misericordioso disse à Santa Faustina: “Recita, sem cessar, este Terço que te ensinei” (D. 687).