Os textos e fotografias produzidos pela equipe da PASCOM da Paróquia São José – C. dos Dantas podem ser livremente utilizados, mencionando-se o blog http://www.montedogalo2009.blogspot.com/ como fonte

10 de abr de 2010

ENCONTRO DIOCESANO DA PASCOM

Durante a manhã e tarde deste sábado (10/04), aconteceu na cidade de Caicó o I WORKSHOP DE COMUNICAÇÃO, realizado pela Pastoral da Comunicação da Diocese de Caicó.
A PASCOM da Paróquia de São José se fez presente ao evento, através de Hércules, Lucineide e Cláudia.
Na parte da manhã, Cacilda Medeiros, integrante da PASCOM da Arquidiocese de Natal, falou sobre RÁDIO, esclarecendo sobre os programas de rádio e a importância desse veículo de comunicação para a evangelização.
À tarde, Joseilzon Lima falou sobre blogs, enfatizando a forma de criação e as ferramentas disponíveis para melhorar os blogs já existentes.
O encontro encerrou com palavras do Padre Heliton, de Cruzeta, coordenador diocesano da PASCOM.

O CORAÇÃO PODE FICAR EMPEDRADO

REFLEXÃO DO EVANGELHO

Quem vai nos ajudar a refletir sobre o evangelho deste sábado da oitava da Páscoa é São Pedro Crisólogo:
Por fim, Jesus apareceu aos Onze enquanto estavam comendo ((Mc 16,14). São homens sepultados, enterrados que o Senhor surpreende. Criticou-lhes a falta de fé, por se entregarem ao desespero, ao invés de esperarem a ressurreição que ele predissera, e seus servos anunciaram, enquanto não restava neles um só vestígio de fé ou de salvação. Mortos para o século, sepultados para o mundo, crêem todos que aquela casa (o cenáculo) é daí em diante seu túmulo comum.
Então o Senhor, vendo-os retirados do mundo, chama-os para o mundo de novo e os envia ao mundo. Ide pelo mundo inteiro e anunciai a Boa Nova a toda criatura! (Mc 16,15). Vinde ao mundo, a fim de que vós,, que vos julgais prostrados no mesmo túmulo, vejais de repente todo o universo prostrado a vossos pés. Ide pelo mundo inteiro e anunciai a Boa Nova a toda criatura! Ou seja, tornai-vos a esperança dos homens, vós que sois, para vós mesmos, causa de desespero.
Descobrireis a extensão de vossa incredulidade quando virdes o mundo crer em vossa palavra, vós que sequer confiastes no testemunho de vossos olhos. Sabereis qual a dureza de vosso coração quando virdes no mundo inteiro os povos mais selvagens proclamarem meu nome sem jamais me terem visto, enquanto vós me renegastes quando vivi entre vós.
Vereis homens divididos pela terra, homens encerrados em ilhas, encravados em rochedos, perdidos no deserto, mágicos pedantes, gregos tagarelas, romanos bem-falantes, procurarem a fé pela própria fé que vós procurastes com a mão e com o dedo no fundo das minhas chagas.
Mas eu vos envio como testemunhas de minha paixão, de minha morte e de minha ressurreição; aceito que olheis mais de perto esses mistérios, se vossa lentidão servir para fortificar a fé daqueles que hão de crer por meio de vós”

Fonte: www.franciscanos.org.br

EVANGELHO: Marcos 16,9-15

Depois de ressuscitar na madrugada do primeiro dia após o sábado, Jesus apareceu primeiro a Maria Madalena, da qual havia expulsado sete demônios. Ela foi anunciar isso aos seguidores de Jesus, que estavam de luto e chorando. Quando ouviram que ele estava vivo e fora visto por ela, não quiseram acreditar.
Em seguida, Jesus apareceu a dois deles, com outra aparência, enquanto estavam a caminho do campo. Eles também voltaram e anunciaram isso aos outros, que não acreditaram nem mesmo nestes.
Por fim, Jesus apareceu aos onze discípulos enquanto estavam comendo. Jesus os repreendeu por causa da falta de fé e pela dureza de coração, porque não tinham acreditado naqueles que o tinham visto ressuscitado. Então Jesus disse-lhes: «Vão pelo mundo inteiro e anunciem a Boa Notícia para toda a humanidade.

ENCONTRO DIOCESANO DA PASCOM