Os textos e fotografias produzidos pela equipe da PASCOM da Paróquia São José – C. dos Dantas podem ser livremente utilizados, mencionando-se o blog http://www.montedogalo2009.blogspot.com/ como fonte

1 de mar de 2010

Dados biográficos do Bispo Dom José Adelino Dantas

Parte 2

DOM JOSÉ ADELINO DANTAS, historiador, pesquisador, jornalista, professor, ensaísta, poeta e orador sacro e era considerado um dos mais ilustres latinistas do Rio Grande do Norte.
Foi batizado na Capela de São Vicente a 21/03/1910. Aprendeu as primeiras letras em São Paulo do Potengi, com seu irmão mais velho, Jacó Adelino e as professoras Paulina e Alzira Queiroz. Concluiu naquela cidade o curso primário.
Em 1947, foi nomeado professor de latim e português, da sessão feminina do Atheneu Norteriograndense. Era professor assistente da UFRN, lotado no Campus Universitário de Caicó. Os últimos anos de sua vida residiu na Casa Paroquial, da Capela de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, ao pé do Monte do Galo (Carnaúba dos Dantas), em companhia de sua irmã Júlia e da freira da Congregação das Josefinas, Irmã Maria José Rocha que prestou-lhe dedicada e constante assistência durante todo o longo período de sua enfermidade, desde o dia 23/03/1979.
Lançou três livros: “A Formação do Seminarista”, em 1947; “Homens e Fatos do Seridó Antigo”, em 1962; e “O Coronel de Milícias Caetano Dantas Correia – Um Inventário Revelando um Homem”. Estava tentando reeditar “Homens e Fatos do Seridó Antigo” bastante ampliado, fruto de novas pesquisas.
DOM ADELINO era Membro da Academia Norteriograndense de Letras e do Instituto Histórico e Geográfico do Rio Grande do Norte e dominava com facilidade o latim, italiano, francês e o grego. Foi um dos fundadores no Brasil do Movimento dos Focolares, quando Bispo em Garanhuns.
Quando residia em São Paulo do Potengi, DOM JOSÉ ADELINO (com o seu irmão Pedro Adelino e o cunhado Ademar de Azevedo Maia), participou da Banda de Música, da “Filarmônica 22 de Setembro”, tocando pistom.
Nas horas de lazer o DOM JOSÉ ADELINO se deleitava ouvindo músicas do seu grande amigo, o maestro Felinto Lúcio Dantas. Era um entusiasta pelas pesquisas obre figuras e fatos do Seridó.
DOM JOSÉ ADELINO teve os seguintes irmãos: Jacó Adelino Dantas, Pedro Adelino de Alcântara Dantas, Senhorinha de Azevedo Dantas, Tomazia Dantas da Silva, Cristina Dantas, Josina de Azevedo Dantas, Isabel de Azevedo Dantas, Ana Dantas Medeiros, Julita Dantas de Araújo, Maria Santa Rosa Dantas e Júlia de Azevedo Dantas.

Do livro "Dom JOSÉ ADELINO DANTAS: 2º Bispo de Caicó-RN (Separata do livro Carnaúba dos Dantas Terra da Música, de Donatilla Dantas)"

Nenhum comentário:

Postar um comentário