Os textos e fotografias produzidos pela equipe da PASCOM da Paróquia São José – C. dos Dantas podem ser livremente utilizados, mencionando-se o blog http://www.montedogalo2009.blogspot.com/ como fonte

4 de mai de 2010

FICA CONOSCO, SENHOR!


A Igreja Católica celebra, de 13 a 16 de maio de 2010, o XVI Congresso Eucarístico Nacional, em Brasília, tempo em que a Capital Federal comemora 50 anos da sua fundação. O tema é:Eucaristia, Pão da Unidade dos Discípulos Missionários e o lema: Fica Conosco, Senhor! (cf Lc 24,29).

O tema foi tirado do Documento de Aparecida. O Pão Eucarístico é alimento para os discípulos missionários de Jesus Cristo. Fortalecidos pelo próprio Filho de Deus, que se dá como alimento, os cristãos tornam-se de verdade discípulos do Amado Mestre e propagadores da sua mensagem de salvação (missionários). A unidade na Igreja é consolidada pela Eucaristia, que cria comunhão entre todos os que recebem o corpo e o sangue do Senhor, gerando seu Corpo Místico. A unidade de um corpo se manifesta pela interação dos seus membros. A Igreja, enquanto Corpo Místico de Cristo, expressa a unidade em torno dos seus membros, que são todos os batizados, que aderem a Jesus Cristo, seguem os seus ensinamentos e são confortados pelo Espírito Santo. Possuir os mesmos sentimentos, a mesma inspiração para o bem e para a verdade, agir sempre com amor e fé nas promessas do Senhor criam a unidade do corpo, cuja cabeça é Cristo.

Os discípulos saiam de uma situação arrasadora. Jesus, o seu Divino Mestre, tinha sido preso, flagelado, rejeitado pelas autoridades religiosas e políticas, e fora morto. Decepcionados com tudo que tinha acontecido, chorosos, mergulhados num imenso vazio como num mar de angústia, voltam para Emaús, o lugar onde viviam. O Ressuscitado os acompanha, explica as Escrituras, os anima e conforta. Sendo tarde, eles convidam Jesus para entrar e jantar: “Fica conosco, Senhor”. Jesus fica e ao partir o pão, eles o reconhecem! Retornam a Jerusalém para encontrar os outros discípulos e anunciar que tinham visto o Senhor Ressuscitado.

A Eucaristia é lugar de encontro com o Senhor. É momento de escutar a sua Palavra e alimentar-se do amor de Deus, que chega ao coração humano, tanto pelo que Ele diz, quanto pelo que Ele dá: seu corpo e seu sangue. A palavra dirigida afetivamente é sempre manifestação do bem-querer. Jesus fala e se manifesta àqueles que ama e que nele acreditam, os seus amigos. É condição para acolher o anúncio da Boa Nova da Salvação acreditar na pessoa do Senhor. Por isto, Jesus se manifesta somente aos seus amigos. Estes se alegram e voltam rapidamente aos outros para anunciar o que viram e ouviram. Eles falam do seu encontro com Jesus e da sua experiência com o Ressuscitado. A convicção humana de quem se encontrou com o Senhor torna-se força e capacidade para viver tudo o que ouviram Dele e para anunciar aos outros a razão da própria fé: Cristo está vivo.

A presença do Cristo vivo entre os seus amigos garante o sucesso da sua ação evangelizadora. O Senhor une os discípulos missionários em torno da sua presença, por isto, a Eucaristia é pão da unidade. Sem este referencial, a Igreja, Comunidade dos Discípulos Missionários, não seria tão unida e não se sustentaria no anúncio da Boa Nova. Este alimento da unidade dá sentido e coesão às ações dos seguidores do Filho de Deus. Isto é magnífico. É uma aliança de amor entre o Filho de Deus e os seus seguidores.

Este Congresso Eucarístico Nacional coloca o Brasil diante do grande mistério de amor: Jesus se dá a nós. Somos todos convidados a acolher com humildade, fidelidade e amor a presença de Jesus nas aparências do pão e do vinho. Eucaristia é refeição a indicar a alegria da partilha, a ternura da fraternidade, a força do compromisso do amor e a perene manifestação da misericórdia do Deus Trino. Na Eucaristia Deus desce até nossa humanidade, tornando-se acessível à nossa pequenez. Ele se faz nosso alimento, nossa força, nossa luz e nossa esperança. Toda vez que celebramos a Eucaristia, Jesus atende ao pedido dos discípulos: Fica conosco, Senhor! Ele fica e entra no coração de cada um com sua força, sua alegria e sua paz. A presença eucarística de Jesus dá à Igreja novo ardor e dinamismo. Por isto somos profundamente gratos a Ele.

Nenhum comentário:

Postar um comentário