Os textos e fotografias produzidos pela equipe da PASCOM da Paróquia São José – C. dos Dantas podem ser livremente utilizados, mencionando-se o blog http://www.montedogalo2009.blogspot.com/ como fonte

17 de jan de 2010

Não há sentenças que Deus não possa mudar

Você já percebeu quantas sentenças precipitadas ouvimos de todos os lados quando estamos num momento de combate pelas bênções de Deus em nossa vida? É fácil ao homem incrédulo decretar palavras definitivas sobre situações que ainda podem ser mudadas pelo poder de Deus. Palavras como “Não tem mais jeito!”, “Desista, porque isso não vai mudar nunca”; “É uma ilusão continuar acreditando”... são correntes malditas capazes de aprisionar um coração disposto a lutar. Se é verdade que o homem fica preso às palavras de seus lábios (cf. Pv 6,2), então, devemos fazer das palavras que dizemos, ouvimos, guardamos e repetimos um elo que nos liga ao poder do Senhor e às coisas do alto que estão preparadas para nós, e não cadeias que nos ferem e cansam no combate.
Talvez você já tenha ouvido muitas sentenças pronunciadas sobre sua vida. Sentenças de derrota, de prejuízo e até de morte. Mas a única sentença que vale nos céus e sobre a terra, aquela que prevalece sobre todas as outras, é a pronunciada pelo Senhor. Hoje Ele revoga as sentenças pronunciadas contra sua vida e seu futuro e decreta a nova sentença de vitória que regerá seus rumos, para que você volte a lutar.
Nosso Deus é “especialista” em quebrar sentenças feitas por boca de homens; Ele é capaz de mudar decretos e transformar pessoas fadadas à derrota em abençoadas e abençoadoras. Ao falar de Abraão, a Bíblia diz que desse homem “marcado para a morte, Deus fez nascer uma posteridade tão numerosa como as estrelas do céu” (cf. Hb 11,12). Quando Deus deseja abençoar alguém, quando deseja usar um homem ou uma mulher para realizar seus planos de amor, sua mão poderosa concede a seu servo ir além das expectativas humanas, de seus limites e de suas próprias forças. De fato, o Senhor transformou o velho Abraão, que já estava se preparando para o descanso eterno, em um valoroso homem de fé, intrépido em seu caminhar.
Quando um homem é marcado por Deus para a vitória, mesmo que já tenha sido marcado para a morte, é igualmente fortalecido na fé, para dar glória a Deus diante de todos os desafios. Certas palavras são sementes de destruição! Mesmo pessoas queridas e amigas, se não estão sendo conduzidas pela sabedoria de Deus, podem nos dizer palavras que parecem de solidariedade, mas que são sentenças que minam nossa confiança no Senhor. Quem nunca ouviu um amigo dizer para o nosso consolo: “Coitadinho!” ou “Como puderam fazer isso com você?”... Palavras assim nos impedem de assumir a postura que Deus deseja de nós diante dos problemas, que é uma postura de fé, confiança e perdão. Se permitimos que tais palavras sejam plantadas em nossa alma e frutifiquem em maus pensamentos, estaremos trilhando o caminho de derrota, aberto pelo abatimento.
Os planos de Deus continuam valendo mesmo nos dias de tribulação. Suas sentenças de bênção e vitória nos acompanham também nos momentos difíceis. Nessas horas, podemos nos agarrar às promessas do Senhor e acreditar que elas prevalecerão sobre todo o resto.
Em nome de Jesus, vamos quebrar sentenças e proclamar decretos de vitória!

Do livro "Fiel e poderoso, assim é o nosso Deus"

Nenhum comentário:

Postar um comentário